.

Etiqueta no Dojo

É responsabilidade de todos manter as regras tradicionais de conduta no Dojo. Este espírito vem do Fundador e deve ser respeitado, honrado e mantido.
É de responsabilidade de todos criar uma atmosfera positiva de harmonia e respeito.
O Dojo não deve ser utilizado para outro fim a que se destina, salvo expressa ordem de Sensei.
A limpeza é uma oração de agradecimento, é dever de todos executar a limpeza física e do coração de todos.
É decisão do Sensei quando ele deve ensinar alguma técnica. Não se pode comprar técnicas. A mensalidade é uma pequena parcela para ajudar a pagar as despesas para o local de treinamento e é uma forma muito pequena de demonstrar a gratidão do aluno ao mestre pôr seus ensinamentos.
Respeitar, Respeitar, Respeitar, é um pensamento contínuo no Dojo.
É um dever moral de todos usar as técnicas para fins pacíficos visando sempre construir.
Não deve haver conflitos do Ego no tatami. Aikidô não é um ringue de competição de vaidade.
A insolência jamais será tolerada, devemos ter consciência de nossas limitações.
Cada pessoa tem condições, e razões diferentes para treinar. Devemos respeitar suas expectativas.
Jamais se deve contra argumentar com o professor.
Jamais deixe de fazer a reverência ao Kamizá ao entrar e sair do Dojo.
Respeite seu uniforme de treinamento, deve estar sempre em boas condições e de aparência.
O Dojo não é uma praia, sente-se sempre em seiza ou com as pernas cruzadas no estilo japonês, no caso de ter problemas no joelho.
Quando o Sensei demonstra uma técnica, fique sempre em Seiza, após, faça uma reverência, e comece imediatamente a praticar.
Quando o final de uma técnica é assinalada, cumprimente o parceiro e vá imediatamente para seu lugar de início da aula.
Se for absolutamente necessário perguntar algo ao Sensei, vá até ele, não o chame para si.
Respeite os alunos mais experimentados, jamais discuta se as técnicas estão erradas ou não.
Se você não é Yudansha, não corrija ninguém.
Não converse em cima do Tatami. Aikidô é experiência.
É responsabilidade de todos manter o Dojo limpo, de preferência deve ser varrido diariamente.
Não se deve usar jóias, mascar coisas no tatami. Além do corpo somente se usa o uniforme.

"Aikidô" não é religião, mas a educação e o refinamento do espírito. Você não será convidado a aderir a nenhuma doutrina religiosa, mas somente a manter o espírito aberto. Quando se inclina em uma reverência, isto não é um procedimento religioso mas sim um sinal de respeito ao mesmo espírito de Inteligência Criativa Universal que está com todos nós".

Lemas do Aikido

1- Manter a disciplina
2- Não se enervar
3- Não se entristecer
4- Não possuir sentimento hostil
5- Ser compreensivo
6- Ser tranqüilo
7- Ser pacifico
8- Manter a ética
9- Fazer amizade com todos
10- Respeitar a Deus e as pessoas
11- Ser humilde
12- Ser justo honesto
13- Conscientizar-se que o Aikido é um dos caminhos que levam a Deus
14- Conscientizar-se que a pratica do Aikido tem por principio o auto-conhecimento
 

Mon

O Dojo quer dizer literalmente o "lugar onde se vai estudar o Caminho". O termo não é sinônimo da palavra "ginásio" (ocidental), ele engloba o padrão de trabalho e o espírito no qual ele se efetua. Escolher um professor, ou um mestre(sensei em japonês), é algo vital, deve-se avaliar a técnica proposta, e evitar o mercantilismo, ou se submeter a um guru que tudo sabe. A capacidade de saber julgar e avaliar estas condições é uma das primeiras necessárias a alguém que quer se iniciar nas artes marciais.

Montei, Monka e Monjin, significa : "Aquele que chega a porta e que recebe o ensinamento na casa do mestre". Isto significa que o professor, como em toda arte tradicional é livre para aceitar ou não a tarefa de ensinar para este ou para aquele individuo.

Um aluno pode chegar no portão da casa e talvez ser permitido que passe e entre no jardim e até no vestíbulo, mas para realmente entrar na casa tem que mostrar que a merece.

Nobuyoshi Tamura