.

Doshu

Moriteru Ueshiba

Atual Doshu

Nascido em 02 de abril de 1951 em Tókio, Japão, é o segundo filho de Kisshomaru e Sakuko Ueshiba e neto do fundador do aikido, Morihei Ueshiba. Graduou-se em economia pela Universidade Gakuen. Tendo treinado desde a infância com seu pai e com diversos mestres do Hombu Dojo assumiu o cargo de hombu dojo cho, chefe da academia central do mundo em 1986, mesmo ano em que publicou o livro "Aikido: Shashin de Manabu" (Aikido: Estudo Através de Fotos).Viajando pelo mundo para dar orientação técnica e unir os aikidoístas de diferentes escolas, foi nomeado como o terceiro Doshu após o falecimento de seu pai em 1999.
Moriteru Ueshiba é o referencial de performance para os aikidoistas, pois traz consigo a herança das técnicas do Fundador. Com o falecimento do pai e conforme a tradição, Moriteru Ueshiba se tornou Aikido Doshu(*). Ele se graduou em Economia na Universidade de Meiji University. O novo Doshu foi preparado para seguir os passos do pai desde os seus 20 anos de idade e tem viajado, ensinando e divulgando extensivamente o Aikido. Antes de assumir o cargo atual, Moriteru Ueshiba serviu como Presidente do Conselho de Diretores da Fundação Aikikai e Diretor do Hombu Dojo (Academia Central).

Kishomaru Ueshiba

(1921 - 1999)

Nascido em Ayabe, Kyoto, Japão em 27 de junho de 1921, foi o terceiro filho de Morihei e Hatsu Ueshiba. Iniciou a pratica do aikidô na sua adolescência, tornando-se diretor do Kobukan Dojo em 1942, após seu pai ter se retirado para Iwama. Graduou-se pelo departamento de Ciências Políticas da Universidade de Waseda em 1946.
Em 1948 tornou-se o diretor geral do Hombu Dojo da Fundação Aikikai, supervisionando o ressurgimento do aikidô no período do pós guerra, dividindo seu tempo entre seu trabalho em uma companhia de seguros e a direção da fundação Aikikai.
Em 1955 pára de trabalhar para poder se dedicar integralmente ao crescimento da Aikikai, mantendo-se na sua direção até seu falecimento em 04 de janeiro de 1999.
Em 1957, Kisshomaru publicou seu primeiro livro sobre o aikidô, intitulado "Aikido", que foi traduzido para o inglês em 1963. A partir de então escreveu mais de 20 títulos, inclusive "Aikido No Kokoro" que foi traduzido para o português com o título "O Espírito do Aikidô".
Grande responsável pela difusão do aikidô pelo mundo, em 1964 Kisshomaru faz sua primeira viagem para fora do Japão, indo aos Estados Unidos. A partir desta data passa a viajar para diversos países da América do Norte e do Sul, e da Europa.
Após o falecimento de seu pai Morihei Ueshiba em 1969, herdou o título de Doshu (senhor do caminho). Seu estilo técnico, de movimentos fluídos, com ênfase no "ki no nagare" passa a exercer grande influência sobre os diversos praticantes espalhados pelo mundo.
Com a expansão do aikido pelo mundo afora, em 1976 foi criada a Federação Internacional de Aikido, congregando inicialmente 29 países, e tendo como seu presidente a pessoa do segundo Doshu, Kisshomaru Ueshiba. Hoje o aikidô é praticado em mais de 60 países, com cerca de um milhão e meio de praticantes.