.

Brazil Aikikai

Existem praticantes de Aikido no Brasil que querem ser Independentes bem como desenvolver seu próprio estilo e precisam de reconhecimento e certificados de graduação para melhor poderem desenvolver suas atividades de divulgação e ensino da arte. Outros estão necessitando aprimorar seus conhecimentos técnicos de forma a possuírem nível técnico de padrão internacional ou querem ter acesso à participação a seminários internacionais e contatos com grandes mestres do Aikido mundial.
Essas pessoas ou organizações podem obter esta condição através do Brazil Aikikai entidade certificadora, e promotora do Aikido de Alto nível no Brazil seguindo o estabelecido pela sede Internacional, o Aikikai Hombu Dojo de Tókyo, Japão.
O Brazil Aikikai não tem por objetivos agrupar pessoas ou organizações para formar um grupo único, apenas certificá-las nos moldes internacionais.
Como uma Confederação Nacional, o Brazil AIkikai congrega várias organizações que possuem senseis lideres do Aikido Brasileiro de forma a garantir exames e orientações técnicas feitas por uma comissão julgadora e orientadora de alto nivel técnico.
A entidade é também uma oportunidade para quem não tiver um bom orientador técnico (sensei) e possa conhecer outros mestres, se relacionando em aulas, eventos e encontros promovidos pela Confederação.
Se o interessado desejar, pode ser apresentado para assumir compromisso na relação "SEMPAI-KOHAI", com mestres conhecidos no país e no exterior como, Wagner Bull, Roberto Maruyama, Luc Leoni, Claude Walla, etc... que são mestres vinculados a entidade bem como às organizações que representam.
O objetivo principal que norteia as ações da Confederação Brasileira de Aikido-BRAZIL AIKIKAI, é manter um nível técnico referencial do Aikido do Brasil dentro dos padrões internacionais, e criar um organismo de mútuo apoio entre professores e organizações serias e representativas do Aikido do Aikikai no Brazil. A entidade é aberta a todos que querem promover o bom Aikido do Aikikai no país.

Atividades e as razões para se aderir à idéia

O BRAZIL AIKIKAI, foi uma idéia que surgiu em 1990 com o intuito de agregar organizações de Aikido do Brasil que desejassem se filiar ao AIKIKAI de Tokyo. Em 1998 em função do grande crescimento da arte no Brasil, com a existência de várias federações nacionais e praticantes independentes, mudou seu objetivos, e se adaptando às necessidades da realidade presente, passou a ajudar tecnicamente os praticantes que necessitassem de graduações e reconhecimentos internacionais, respeitando-se os critérios do Aikikai Hombu Dojo, de Tokyo bem como facilitar aos que aderirem a idéia poderem possuir um sensei e orientadores reconhecidos e honestos, e com quem tivessem mais afinidade.
Entendemos que para se praticar o Aikido é necessário o aikidoísta ter liberdade para treinar sob a orientação da pessoa com quem tenha identidade e admiração, ou então é impossível haver sinceridade no relacionamento, e sem esta honestidade não poderá ocorrer comprometimento real entre mestre e aluno, e o verdadeiro "AIKI" seria inviável. Em outras palavras, se alguém não está satisfeito com seu sensei, tem que ter o direito de escolher outro com quem sente esta afinidade sem ser prejudicado em suas graduações futuras. Não queremos que ninguém no Aikido do Brasil fique associado em uma organização apenas porque precisa de graduações e não tenha outra alternativa, queremos valorizar o sentimento de amor e respeito entre professor e aluno mantendo a relação sempai - kohai, honesta e sincera. E para isto é fundamental haver liberdade de escolha, daí a existência do Brazil Aikikai atual e suas regras. Muitas pessoas no Brasil no passado pararam de treinar Aikido, ou saíram do Aikikai por não poderem escolher outro sensei. Queremos mudar isto e permitir legalmente que cada um escolha o professor ligado ao Aikikai que gosta mais e se identifica com ele.

Por outro lado, é muito importante que o Aikido se desenvolva no Brasil com um padrão técnico mínimo internacional , visto que sem boa técnica a arte deixará de ser respeitada e até mesmo praticada.

Infelizmente existem professores mal preparados, dizendo que estão ensinando AIkido do Aikikai do Japão, correto e de boa qualidade técnica, mas na verdade não estão, visto que não estão ligados a mestres de capacidade real reconhecida internacionalmente e alguns mesmo sequer ligados ao Aikikai Hombu Dojo de Tokyo, que é a organização criada pelo Fundador do Aikido. O publico precisa de uma referência segura.
Isto é muito ruim para a reputação do Aikido, porque estes dojos acabam dando a idéia ao publico de que o Aikido não é uma boa arte marcial, que não tem eficiência, e mesmo alguns, até carecendo da transmissão das idéias e filosofia que Morihei Ueshiba , o Fundador do Aikido queria passar para a humanidade.
Infelizmente é um fato que muitas vezes, professores reconhecidos pelo Aikikai de Tokyo, no exterior ou no Brasil, por razões políticas, não corretas e éticas, acabam graduando indevidamente praticantes ainda sem as condições mínimas para tal. Outros abrem dojos de Aikido sem terem ligações com a entidade internacional criada pelo fundador, o Aikikai Hombu Dojo de Tokyo . Não existe ainda no Brasil uma fórmula de se criar restrições legais para que isto ocorra . Assim é preciso manter um padrão básico mínimo de qualidade para que o publico, e mesmo os próprios praticantes de Aikido, se sintam seguros quanto ao título que estão recebendo e quanto a competência técnica do local onde treinam. Isto o Brazil Aikikai quer dar, uma referência segura para quem ainda não há tem.
Existe ainda um terceiro problema que o BRAZIL AIKIKAI visa resolver visto que pessoas que, devido a problemas de personalidade e formação querem seguir treinando sozinhos e também abrir dojos de Aikido necessitando portanto eventualmente de avaliações e orientações gerais técnicas. O BRAZIL AIKIKAI vai apoiar estas pessoas no aspecto técnico. Embora entendamos que todos devem ter um sensei, se alguém pensar diferente, e conseguir sem um orientador seguir sozinho , terá apoio para ir avante, desde que, é claro, seja efetivamente capaz de se desenvolver autodidaticamente. Ninguém receberá certificados do Brazil Aikikai por recomendação, todos deverão se submeter tecnicamente a avaliação de uma comissão examinadora de alto nível, idônea e de reputação ilibada com seus principais membros reconhecidos nacional e internacionalmente como aptos no mundo do Aikido.
Ou seja, ninguém mais será obrigado a ficar com um professor, apenas porque necessita de promoções, com eventualmente vem ocorrendo, visto que esta entidade vai examinar qualquer pessoa para qualquer grau que a ela seja associada, e vai receber seu certificado do Aikikai de Tokyo, bastando para isto que o candidato tenha competência técnica comprovada frente a banca examinadora .. Para se habilitar a este exame bastará apenas um requerimento do interessado aderindo à proposta nos termos estabelecidos pelo "BRAZIL AIKIKAI".

A comissão técnica poderá recusar no entanto examinar pessoas sobre as quais pesem acusações comprovadas de falta de qualidades morais para as promoções.
Assim doravante haverá sempre transparência nas relações entre todos os aikidoistas do Brasil, seja entre alunos ou entre estes e seus mestres. tornando os relacionamentos mais autênticos como deve ser o espírito do Aikido..
Por outro lado, o possuidor de um certificado de graduação do BRAZIL AIKIKAI terá a certeza de possuir um título efetivamente reconhecido em todo o mundo endossado por uma organização séria e de prestígio e que foi adquirido por real competência técnica , pois terá sido examinado, por pessoas idôneas, sem critérios políticos ou de qualquer outro interesse que não o de promover realmente que o merece. Os exames serão filmados, e devidamente documentados para garantir total transparência na idoneidade do processo de julgamento e habilitação.

Assim, o Brazil Aikikai vai examinar e reconhecer todos os professores, dojos e praticantes que desejarem ter certificados seus graus e habilidades , algo similar do que faz a OAB , a ordem dos advogados do Brasil. Ou seja dar a garantia ao público de que quem possui um certificado de professor ou de faixa preta, realmente tenha as condições técnicas mínimas internacionais.
O fundador e presidente desta entidade é vitalício para garantir que a política interna eventual não venha mudar os objetivos da entidade, e é o prof. Wagner Bull , que aceitou o cargo por acreditar na idéia e dela ser um guardião.Para serem aprovados os candidatos devem apenas demonstrar capacidade técnica em níveis internacionais sendo examinados por uma banca examinadora constituída de pessoas com capacidade reconhecida. Caso houver renuncia do presidente atual, ou sua morte, será escolhido um novo presidente entre os membros da comissão técnica , que deverá ser ratificado por pelo menos dois terços de todos os componentes da Comissão examinadora existentes na data da falta definitiva do presidente até então.

A Comissão Examinadora contém os seguintes professores:

COMISSÃO EXAMINADORA atualizada 10/01/2009:

Wagner José Bull 6º Dan

Roberto N. Maruyama 6º Dan

Luc Leoni 4º Dan

Alexandre Sallum Bull 4º Dan

Ney Tamotsu Kubo 4º Dan

Constantino Dellis 4º Dan

Sergio Ricardo Coronel 3º Dan

Luis Ricardo Silva 4º Dan

Luis Amorin 3º Dan

Rafael Silva 3º Dan

Eduardo de Paula 3º Dan

José Antonio da Silva 3º Dan

Wilson Teixeira Junior 3º Dan

Luis Fernando Cardoso Silva 3º Dan

Teandra Galvão 3º Dan

Esta Comissão Examinadora vai ser ampliada com o tempo na medida que outros mestres reconhecidos forem se juntando a entidade, bem como novos sejam formados os que se habilitarem aos testes poderão terem certeza de que sua graduação realmente foi concedida mediante critérios reais e internacionais de competência. Nenhuma pessoa poderá ingressar na Banca examinadora se não for convidada pelo presidente do Brazil Aikikai e ratificada por unanimidade por todos os componentes da mesma. Um membro da Comissão Examinadora somente será afastado se não cumprir com os princípios que norteiam o Brazil Aikikai, após votação favorável de pelo menos dois terços dos componentes da mesma.

OBSERVAÇÕES:

1)Os Responsáveis por dojo afiliado com graduação 3º Dan reconhecida pelo Brazil Aikikai, poderá solicitar reconhecimento automático da promoção de seus alunos pelo Brazil Aikikai, sem que passem pela comissão examinadora no entanto, desde que os exames tenham sido feitos feitos de acordo com os critérios e condições estabelecidas pelo Brazil Aikikai idênticas aos realizados pela Comissão Organizadora.

2)Os Responsáveis por dojo com gradução 4º Dan ou superior, reconhecida diretamente pelo Aikikai de Tokyo , poderão solicitar reconhecimento automático da promoção de seus alunos pelo Brazil Aikikai, sem que passem pela comissão examinadora para receberem reconhecimento das graduações feitas por eles segundo critérios próprios e que tenham sido atendidas as exigências técnicas mínimas exigidas pelo Aikikai de Tokyo especificadas neste site.

Condições:

Em ambos os casos acima , no entanto reserva-se o Brazil Aikikai a não conceder ou anular este reconhecimento "ex officio", caso houver denúncia por pelo menos três membros da comissão Examinadora de que a pessoa graduada foi promovida sem condições técnicas para tal formalmente apresentada. Neste caso , o graduado, se quiser ter seu reconhecimento pelo Brazil Aikikai , deverá se submeter à banca examinadora obrigatoriamente e poderá o instrutor perder a prerrogativa de fazer exames a critério de comissão especificamente designada pelo presidente.

ATIVIDADES DO BRAZIL AIKIKAI:

a) Realizar Seminários de Aikido com mestres renomados no Brasil e no exterior durante todo o ano.

b) Realizar demonstrações.

c) Reconhecer graus de pessoas competentes tecnicamente permitindo que possuam faixas pretas do Aikikai do Japão, através de exames de faixas nos moldes Internacionais fidedignos.

d) Realizar cursos técnicos para aperfeiçoamento do currículo necessário para os exames promocionais.

e)Enviar professores habilitados para fazer cursos nos dojos associados bem como realizar exames de faixa em dojos muito afastados de São Paulo supervisionado pela Comissão Técnica.

e)Realizar aulas mensais sempre que houver solicitação com professores da banca examinadora em locais variados dentro de uma programação anual estabelecida. Estes locais poderão ser os dojos dos instrutores que aderiram a idéia ou outro local em condições parta tal evento.

ESCOLHA DO ORIENTADOR/ DO SENSEI

Quando um responsável por dojo ingressa no Brazil Aikikai e não possuir ainda pelo menos o 3 Dan, é recomendável que ele escolha para si um sensei componente da comissão examinadora, que passará a ser seu "sempai" no Brazil Aikikai.

Maiores informações e como aderir ao Brazil Aikikai...